Como o Cristão deveria Entender a Prosperidade

Quem não já passou por um problema financeiro? Não se engane, ricos também tem problemas com dinheiro. Ter dinheiro e ser rico são coisas completamente diferentes.

Quando crianças aprendemos que ter dinheiro é um coisa ruim e que os ricos são maus e vão para o inferno. Algumas outras pessoas pregam que tudo deve ser dividido, quem tem mais, deve dar para quem tem menos, e deve mesmo, mas não de qualquer forma. Você não vai deixar o seu filho passar fome por que tem gente na áfrica passando fome.

Se você entra em uma sala de aula e percebe que tem um único aluno com dificuldade em matemática e resolve que você não vai mais passar novas matérias para os demais alunos até que esse aluno aprenda totalmente a matéria, você vai prejudicar todos.

Mas se você continuar avançando a matéria, e dedicar um tempo exclusivo para aquele aluno com dificuldade em matemática, você vai conseguir ajudar muito mais já que os demais alunos continuarão aprendendo e ninguém vai ser deixado para trás. Melhor ainda, se você estimulasse alguns outros alunos a também ajudar esse aluno com dificuldade. Isso era uma das coisas que Jesus ensinava.

Jesus andava e pregava para todos, ricos ou pobres; doentes ou sãos. Havia o jovem rico que tinha o coração totalmente enraizado no dinheiro e tinha o rico senador, membro do Sinédrio chamando José de Arimateia que era discípulo de Jesus.

José de Arimateia era comerciante e tinha uma frota de navios. Ele se encontrava secretamente com Jesus e passava horas conversando com Ele. José também era amigo de Pilatos, por isso após a crucificação, conseguiu permissão para ficar com o corpo de Jesus. Após a ressurreição de Jesus, José de Arimateia foi preso, perdeu tudo e foi abandonado por amigos e família.

Depois de 13 anos preso, o novo governador da Judéia, Tibério Alexandre, soube do passado de José e decide revisar o processo e o liberta. Tibério financia José e se tornam sócios no comércio marítimo. Porém, José agora usa seus recursos para financiar missionários e evangelizar por onde passasse.

O que fazia de José um homem rico? Não era o dinheiro, mas sim os valores que ele tinha. O jovem rico possivelmente não aprendeu a ser independente financeiramente e não saberia como ganhar dinheiro novamente, amava mais o dinheiro e não confiava na provisão infinita de Deus. Diferente de José que era financeiramente inteligente, sabia empreender e servia o Mestre certo.

Eu já fui o como Jovem Rico, que não tinha inteligência financeira e também já passei por situação semelhante a de José de Arimateia. Já trabalhei para o dinheiro, para ter dinheiro, eu era servo do dinheiro. Aprendi que devemos trabalhar para ajudar pessoas e resolver problemas, nisso as pessoas vão ver valor em nosso trabalho, Deus abençoará e você será prospero, não necessariamente rico.

Prosperidade é não sentir falta de nada, você pode ganhar muito pouco e ser prospero, da mesma forma que um rico pode ganhar R$ 20 mil por mês e estar endividado e perdendo noites de sono. Sim, eu conheço estes 2 tipos de pessoas.

Ao longo de pouco mais de 10 anos, estudo finanças, investimentos, produtos financeiros e desenvolvi minha inteligencia financeira, mas isso não me preparou pelo que eu passei. Deus me ensinou a amar pessoas e não coisas, que Ele é o Deus que dá e o Deus que tira, que de dá saúde e pode tirar sua saúde até passar pela morte, mas que por um propósito maior cura para que Ele seja glorificado.

Hoje eu posso ensinar tudo o que aprendi com finanças ao longo de 10 anos e te ajudar a confiar e depender de Deus. Não vou te ensinar como ficar rico, ou como faturar 1 milhão, se o seu foco é esse, esse projeto não é para você. Minha missão é te ajudar pessoas a serem financeiramente inteligentes, para que você possa ter mais liberdade para fazer a vontade de Deus e se preocupe com o que realmente importa, que é sua Família, o Próximo e servir a Deus.

Gostou deste artigo?

Não perca as próximas novidades

Inscreva-se gratuitamente para receber informações sobre novidades, artigos, vídeos e palestras para sua vida pessoal e para seu negócio.

inscreva-se

Maior erro que te impede de

About The Author

João Guilherme Barros

Especialista em Coaching Financeiro, Organização e Planejamento Financeiro Formado em Ciências da Computação com Especialização em Gerenciamento de Projetos. Formado em Professional Coaching Practitioner pela Academia Brasileira de Coaching, atuando com Inteligência Emocional e Neurociência aplicada ao Coaching. Co-participação da criação do Livro de Neurociência: Ask Brain do Doutor Marcelo Peruzzo. Mentor Convidado na MT stars (http://www.mtstars.com.br/) Participou de diversos cursos, treinamentos, workshops, congressos e seminários pra aprender aquilo que pode fazer a diferença na vida dos seus clientes, seguidores e amigos.

Deixe seu comentário